Todos nós, pais cristãos, desejamos que nossos filhos sigam os caminhos do Senhor. Desejamos que nossos filhos façam escolhas sábias. Escolhas pautadas na Palavra de Deus. Construam suas vidas cumprindo os propósitos de Deus para as suas vidas. Mas muitas vezes, nós pais, damos pouca atenção para esse assunto. Sabemos que o que há de mais importante na nossa vida, são nossos filhos. Sabemos que nada neste mundo têm mais valor do que a nossa família, no entanto, mesmo assim, nos comportamos como se tivéssemos o tempo a nosso favor, todo o tempo do mundo para ganhar o coração dos nossos filhos para Jesus. Mas não é bem assim.

Segundo pesquisas, 86% dos adultos que aceitaram Jesus fizeram esse compromisso com Deus antes dos 15 anos de idade! 50% antes mesmo de completar 10 anos!!! Os 14% restantes, se converteram na fase adulta, e bem poucos, na velhice. Para mim, essa foi uma grande descoberta! Saber que se meus filhos desenvolverem um relacionamento com Senhor antes de entrarem na adolescência, as chances de permanecerem fiéis a Deus, são imensas! Isso é um consolo, com certeza! Pois sabemos que desenvolver a espiritualidade dos nossos filhos não é tarefa tão simples assim. Requer uma série de planejamentos e análise constante das prioridades. Deus nos orienta em Deuteronômio 6.6-7 “Todas estas palavras que hoje te ordeno estejam em teu coração! Tu as ensinarás com todo o zelo e perseverança a teus filhos. Conversarás sobre as Escrituras quando estiveres sentado em tua casa, quando estiveres andando pelo caminho, ao te deitares e ao te levantares”.

No próximo artigo veremos algumas formas de semearmos a Palavra de Deus no coraçãozinho dos nossos filhos.

Deus te abençoe!

@rosilenimansano

#umolharnaeternidade


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *